Alimentos transgênicos – como identificá-los

selo que identifica produtos com transgênicosUm estudo realizado na França sobre o uso de milho transgênico relaciona este alimento com o desenvolvimento de tumores; o país já pensa em proibir o uso desta variedade, bem como aconselhar sua interdição pelos demais países europeus.

Entenda melhor o que são transgênicos, e como identificar produtos que os contém na hora da compra:

Os transgênicos, ou organismos geneticamente modificados, são produtos de cruzamentos que não aconteceriam na natureza; por exemplo, arroz com bactéria. Por meio da engenharia genética, fabricantes de agroquímicos criam sementes resistentes a seus próprios agrotóxicos,ou sementes que produzem plantas inseticidas. Por essas características citadas, o uso contínuo de sementes transgênicas leva à resistência de ervas daninhas e insetos, o que por sua vez leva o agricultor a aumentar a dose de agrotóxicos ano a ano. O Brasil é atualmente o maior consumidor de agrotóxicos do mundo.

Além disso, o uso de transgênicos representa um alto risco de perda de biodiversidade, tanto pelo aumento no uso de agroquímicos, quanto pela contaminação de sementes naturais por transgênicas.

Não existe consenso na comunidade científica sobre a segurança dos transgênicos para a saúde humana e o meio ambiente. Testes de médio e longo prazo em seres humanos não são feitos, e geralmente são repudiados pelas empresas de transgênicos. Algumas avaliações são feitas pelas próprias empresas que os produzem, o que levanta grande indignação por parte de organizações ambientalistas. O recente estudo francês utilizou cobaias que indicaram mortalidade 2 a 3 vezes maior nos indivíduos que consumiram o milho transgênico, e presença 2 a 3 vezes maior de tumores.
(reportagem – porque não utilizar cobaias)

Como identificá-los

Em 2003, foi publicado o decreto de rotulagem (4680/2003), que obrigou empresas da área da alimentação, produtores, e quem mais trabalha com venda de alimentos, a identificarem, com um “T” preto, sobre um triangulo amarelo, o alimento com mais de 1% de matéria-prima transgênica.

Existe uma grande diversidade de produtos alimentícios que contém transgênicos: farinhas , óleos, fermento para bolos, mingaus,  inclusive aqueles elaborados para bebês e crianças. Verifique sempre a embalagem.

Os defensores dos transgênicos dizem que eles podem ser uma solução ao problema da fome no mundo, pois podem levar ao aumento da produção de alimentos. Mas realidade é bem diferente. A produtividade dos transgênicos não é superior à dos convencionais e orgânicos, e a semente é mais cara por conta dos royalties a serem pagos, o que aumenta o custo de produção.

Fontes de consulta: greenpeace g1wikipedia

Veggi e Tal - Receitas veganas, Veganismo e Direitos Animais
© 2012 - 2016