Animais viram refeição em restaurante de zoológico da Suíça

animais-zoologico-rsUm zoológico da Suíça encontrou uma maneira de controlar sua população de animais: consumi-los no restaurante local.

O Langenberg Wildlife Park, situado perto de Zurique, admite que não tem espaço suficiente para todos os javalis e veados selvagens, então essas espécies são usadas para consumo dos visitantes. A poucos metros de onde os animais brincam, em campos e áreas florestais, os visitantes podem comer pratos preparados com a carne deles.

O local não cobra a visitação, e recebe, por ano, meio milhão de pessoas interessadas em ver seus 16 animais nativos, incluindo ursos, veados, lobos, um bisão europeu e um cavalo-de-przewalski, um equino em extinção.

O zoológico admite ter matado e servido 49 veados e 10 javalis selvagens desde 2002, apesar de ter promovido projetos de reassentamento para outros animais.

Uma petição que prevê a proibição da matança dos animais no zoológico suíço já recebeu mais de 100 mil assinaturas na internet. Comentários no aplicativo TripAdvisor listaram críticas ao local. “Estamos um pouco perturbados e tristes ao descobrir que alguns dos animais do Zoo são servidos como comida no restaurante”, comentou um usuário.

E a bizarrice não para por aí. O restaurante do parque Langenberg recebe uma menção especial no site do conselho de turismo de Zurique pelas suas “deliciosas especialidades de carne”.

“Não é a nossa meta vender a carne no restaurante. Se os animais têm filhos, então temos de gerir os números. Não é tão fácil controlar a criação de veados e javalis. O programa de reassentamento é só para os cavalos em vias de extinção, gatos selvagens e bisões. Não há necessidade de reassentar veados e javalis na Suíça, porque há muitos deles”, declarou o porta-voz do zoológico, Martin Zoo Kilchenmann.

Com informações do Daily Mail e do Terra.

Veggi e Tal - Receitas veganas, Veganismo e Direitos Animais
© 2012 - 2016