Associação Beneficente serve refeições vegetarianas a moradores de rua

Entrevista com Edmar Galves para o Veggi & Tal

Conheça mais sobre o trabalho da Caravana Irmã Caridade e veja como contribuir

caravana-natal-p

clique na imagem para ampliá-la

Edmar, por gentileza, conte-nos um pouco sobre a história e as atividades da Caravana Irmã Caridade.

A Caravana Irmã Caridade nasceu da vontade de seus fundadores de levar um pouco de bem-estar aos que moram na rua. Iniciamos essa atividade em 2010, fazendo visitas periódicas, e um ano e meio após já estávamos organizados como uma Associação, e realizando uma ronda semanal, às quartas-feiras, em forma de “caravana”, levando refeição, café, suco, água, roupas e cobertores.
Atualmente, além desse trabalho semanal junto a moradores de rua, a Caravana Irmã Caridade realiza em sua sede atividades voltadas à sociedade, especialmente as de caráter doutrinário espírita kardecista.
Também em prol do serviço social junto aos moradores de rua, realizamos mensalmente, no último sábado de cada mês, uma Feijoada Vegana (devido às festividades de fim de ano, este mês será dia 17/12, das 12 às 15h), que pode ser saboreado no local ou levada para viagem.
Temos ainda o nosso Clube do Livro Espírita Irmã Caridade, que entrega ou envia mensalmente um livro para quem se associa mediante uma pequena quantia mensal.

Quando a Caravana começou a servir refeições vegetarianas estritas e como é a aceitação do público?

Quando da fundação da Associação, os caravaneiros (assim chamamos os que participam da associação) se aprofundaram na questão do sofrimento animal e no fato de sermos responsáveis também pela evolução espiritual das almas dos animais, optando, então, pela alimentação vegetariana na instituição. Posteriormente, e num processo que decorreu naturalmente, a refeição servida para os moradores de rua passou a ser vegetariana estrita, sem nenhum ingrediente de origem animal. Usamos a proteína texturizada de soja, adicionando-a a um delicioso cozido preparado com legumes e feijão, além do arroz. Algumas vezes diversificamos e servimos, por exemplo, polenta ao molho de taioba, com legumes e proteína de soja. É uma refeição bem substanciosa e muito saudável, sobretudo para quem não tem oportunidade de se alimentar com uma comida caseira, e que passa, por vezes, muitos dias sem se alimentar. A recepção à nossa caravana na rua é muito boa, pois nossos irmãos esperam nossa refeição com alegria, e sentimos também muita alegria em servi-los.

Vocês estão arrecadando fundos e itens de doação para sua campanha de Natal. Como será a campanha e como as pessoas podem ajudar?

Na quarta-feira próxima ao Natal, dia 23, além da refeição, entregaremos também um kit de Natal, composto de camiseta, chinelos, desodorante, sabonete, pasta e escova de dente e um mini panetone. Temos a meta de conseguir presentear os 150 moradores que são atendidos semanalmente. Para tanto necessitamos contar com a caridade e a compaixão daqueles que têm condição de nos ajudar nesse intento.

De que outras formas os interessados podem contribuir com o trabalho da Caravana?

Além do kit de Natal, cujo prazo final para entrega foi estipulado em 09/12, pedimos também uma colaboração para manter as refeições que servimos semanalmente.
Todo o trabalho da Caravana é voluntário e realizado graças ao recebimento de doações em produtos e também em dinheiro. Assim, quem tiver interesse pode concretizar sua doação via depósito ou transferência bancária através do banco Itaú agência 0748 c/c 02380-1 CNPJ 15.115.187/0001-46, a qualquer momento. Sua doação será sempre bem-vinda.
Também é possível colaborar doando itens utilizados no preparo dos alimentos, como arroz, feijão, legumes variados, proteína de soja miúda e graúda, embalagens diversas, etc.
A adesão de voluntários para o preparo dos alimentos e da organização do material de doação (roupas, cobertores, etc.) bem como para a entrega também será recebida com muita gratidão.
Convidamos aqueles que se interessarem pelo trabalho para conhecer melhor nossas atividades e se tornar um colaborador ou um caravaneiro. Estamos situados à Av. Edu Chaves, 1025 casa 2, Parque Edu Chaves, Zona Norte, São Paulo, Capital, próximo ao início da Rodovia Fernão Dias, e da divisa com o município de Guarulhos.
Para informações adicionais, basta entrar em contato conosco por fone, WhatsApp(11 – 99413-9150) ou Facebook.

Edmar Galves de Lima é dirigente e participante do movimento espírita de São Paulo e simpatizante do veganismo, buscando difundir o amor pelos animais. Atualmente é representante da Associação Espírita Caravana Irmã Caridade.


Sugestão do Veggi & Tal: Em relação aos itens solicitados para o Kit de Natal, o mini panetone pode ser feito em casa, adquirido em feiras veganas de natal ou por encomenda.

Panetones veganos artesanais podem ser encomendados através do telefone 11 – 9807 -64741 (whatsapp – Nicolle)

 

Veggi e Tal - Receitas veganas, Veganismo e Direitos Animais
© 2012 - 2017