Ativista Anita Krajnc é liberada da acusação de conduta criminosa

Krajnc foi acusada por dar água para porcos a caminho de um matadouro no Canadá

Credito da imagem: Samantha Craggs/CBC

Um juiz decidiu nesta quinta-feira que a ativista dos direitos animais Anita Krajnc, que deu água para porcos a caminho de um matadouro, não é culpada.

O veredicto ocorreu nesta manhã,num tribunal de Ontario, Canadá.

Krajnc, ativista da Toronto Pig Save, ofereceu água para porcos através de aberturas da caçamba de metal de um caminhão em junho de 2015. A polícia a acusou por conduta criminosa, que leva a uma multa de US $ 5.000 e prisão.

O caso de Krajnc atraiu um intenso interesse internacional. Ela tem inspirado numerosos grupos e recebeu o apoio de celebridades.

Com informações da CBC.