Grupo australiano realiza memorial pelos bilhões de animais explorados e mortos para consumo humano

O grupo Animal Liberation Victoria promoveu hoje em Melbourne, Austrália, um memorial intitulado “Animais Não São Nossos”, que teve como objetivo aumentar a conscientização sobre a exploração animal e os bilhões de animais mortos a cada ano para consumo humano.

200 animais foram expostos pelos manifestantes, entre porcos, cães, raposas, cordeiros, aves e até cangurus, que foram encontrados mortos ou em agonia, abandonados ou atropelados nas estradas do país.

De acordo com um site de notícias australiano, a cerimônia durou cerca de 1 hora, e causou comoção.

Uma lápide na parte da frente da manifestação, dedicada à “memória do animal desconhecido”, informava que 64 bilhões de animais terrestres e um trilhão de animais marinhos são mortos para alimentar seres humanos a cada ano.

Folhetos distribuídos por ativistas encorajavam as pessoas a perceber que animais não são nossos, e que um estilo de vida vegan é mais ético e causa menos sofrimento.

O protesto de hoje surge na sequência de um outro idêntico realizado no ano passado, no qual o grupo exibiu 100 cadáveres de animais.

Fonte: Expresso XL – news.com.au

Veggi e Tal - Receitas veganas, Veganismo e Direitos Animais
© 2012 - 2016