Cães espancados e mortos pela indústria do couro

Cães espancados e mortos pela indústria de couroUma investigação secreta da PETA Asia revela que cães são espancados e mortos para que sua pele seja transformada em luvas de couro, cintos, golas de jaquetas, brinquedos para gatos e outros acessórios.

No matadouro, o investigador filmou trabalhadores pegando um cão após o outro pelo pescoço com alicates de metal e depois bater-lhes na cabeça com uma bastão de madeira. Alguns cães caíam inconscientes, enquanto outros gritavam e se contorciam em agonia. Alguns ainda lutavam para respirar depois de suas gargantas serem cortadas, antes de suas peles serem roubadas de seus corpos.

Um funcionário disse ao investigador que facilmente nocauteava e removia a pele de 100 a 200 cães por dia. Quando este vídeo foi feito, havia cerca de 300 cães vivos no local previsto para abate.

A maior parte do couro do mundo vem da China, onde não há nenhuma pena pelo abuso de animais para a confecção de peles.

A investigação foi feita em novembro de 2014, através de visitas a fábricas de processamento de couro de cão na China, onde foi documentado o processo de transformar pele de cão em luvas de moda feminina, luvas de trabalho e outros acessórios. O proprietário de um destes locais disse ao investigador que, no momento, ele tinha cerca de 30.000 peças de couro de cão semi-processadas em estoque. O couro utilizado nas luvas da imagem acima, bem como em outros acessórios de couro de cão é processado em fábricas como estas e vendidas em todo o mundo, para clientes que nem sabem o que estão consumindo.

Atenção, o vídeo abaixo contém cenas da investigação feita em fábricas de couro de cão e as cenas são fortes:

Nunca compre produtos feitos em couro, de qualquer espécie. Clique aqui e saiba mais sobre alternativas veganas  para roupas, calçados, bolsas, mochilas e outros têxteis.

Veggi e Tal - Receitas veganas, Veganismo e Direitos Animais
© 2012 - 2016