Carne de baleia começa a encalhar nos portos do Japão

Apesar da pressão internacional, caça às baleias continua, mas japoneses começam a perder o apetite por causa do preço e dos protestos dos ativistas

Carne de baleia começa a encalhar nos portos do Japão

A maior ameaça à indústria baleeira do Japão é a perda de apetite dos japoneses.

A quantidade de carne de baleia estocada por falta de compradores quase dobrou em 10 anos, ao mesmo tempo em que os protestos contra a caça à baleia ajudaram conter o consumo e a quantidade de baleias mortas.

Mais de 2,3 mil baleias minke estão guardadas em freezers enquanto baleeiros ainda pretendem capturar cerca de 1,3 mil este ano.

A caça às baleias é liberada no Japão apenas para pesquisa, mas a Austrália argumentou em um processo que é a liberação é apenas um disfarce para a caça comercial.

“A retomada da caça comercial de baleias não é mais uma opção realista”, disse Ayako Okubo, pesquisador de ciência marinha da Universidade de Tokai. “O programa é usado para interesses escusos”, afirma ele.

O programa de pesquisa começou um ano depois de uma proibição internacional da caça comercial. O Japão é um dos poucos países, ao lado da Noruega e Islândia, que continuam a caçar baleias, apesar da moratória internacional.

com informações do Estadão

Veggi e Tal - Receitas veganas, Veganismo e Direitos Animais
© 2012 - 2016