O perigo do consumo de ovos para a saúde humana

ovosVeja abaixo algumas evidências de como os ovos são perigosos para a saúde humana:

Bomba de colesterol

Um ovo tem em média 210 miligramas de colesterol – o mesmo que um pacote de manteiga. E embora seja verdade que o colesterol da dieta não tem muito efeito sobre os níveis de colesterol no sangue (aumenta em cerca de 10% ), não é por esta razão que são perigosos.

Os efeitos pró-inflamatórios e oxidativos do colesterol na dieta demonstrou-se que foram produzidos no LDL. Este, por sua vez, pode danificar o endotélio (revestimento dentro de nossas artérias) e aumentar os efeitos cardiovasculares. Outro estudo recente descobriu que o consumo frequente de ovos pode ser tão ruim quanto fumar quando se trata de placas de gordura nas artérias.

Risco de câncer

Apesar de o consumo de ovos e o risco de câncer não ter sido estudado tão completamente quanto o consumo de carne e produtos lácteos e como estes se relacionam com o risco de câncer, a evidência mais convincente aponta que o consumo de ovos aumenta o risco de câncer colorretal e cancer da bexiga.

De acordo com o PCRM, um estudo de caso-controle realizado na Argentina descobriu que as pessoas que consomem cerca de 1 e 1/2 ovos por semana tinham quase 5 vezes o risco de câncer colorretal em comparação com indivíduos que consomem menos de 11 ovos por ano. E a Organização Mundial de Saúde analisou dados de 34 países e concluiu que o consumo de ovos foi significativamente e positivamente correlacionado com a mortalidade por câncer do cólon e reto em homens e mulheres. O consumo moderado de ovos também triplicou o risco de desenvolver câncer da bexiga, como determinado por um estudo de caso-controle feito com 130 pacientes com câncer de bexiga recém-diagnosticados, publicado no International Urology and Nephrology.

Envenenamento por Salmonella

A associação entre Salmonelose e consumo de ovos crus ou mal cozidos é inquestionável e reconhecida em todo mundo como um importante problema de saúde pública, incluindo no Brasil. A Salmonella é a principal causa de doenças relacionadas com morte de origem alimentar nos Estados Unidos. Mesmo se você for infectado mas não morrer de salmonela, os sintomas são bastante desagradáveis.

O consumo de um ovo por dia pode encurtar sua vida

Um estudo da Harvard Physicians Health, que acompanhou 20.000 médicos durante mais de vinte anos descobriu que os médicos que consumiram pelo menos um ovo por dia tinham um risco significativamente maior de mortalidade por todas as causas, o que sugere essencialmente que consumir mesmo que apenas um ovo por dia está associado à uma vida útil mais curta.

Com informações de PCRM e Breaking Muscle

Agora que você já conhece os motivos de saúde para não consumir ovos, saiba os motivos éticos para exclui-los de sua alimentação.

 

Veggi e Tal - Receitas veganas, Veganismo e Direitos Animais
© 2012 - 2016