Dia Mundial dos Animais de Laboratório

dia mundial dos animais de laboratório24/04 é considerado o Dia Mundial dos Animais “de Laboratório”.  A data foi criada em 1979, pelo grupo britânico National Anti-Vivisection Society (NAVS).

De acordo com a HSI, estima-se que mais de 115 milhões de animais – camundongos, ratos, sapos, cães, gatos, coelhos, hamsters, porquinhos da índia, macacos, peixes, aves e outros – em todo o mundo sejam usados em experimentos todos os anos. Mas porque apenas uma pequena proporção dos países recolhem e publicam dados sobre o uso de animais para testes e pesquisas, o número exato é desconhecido e seguramente muito maior.

No Brasil

Não existem estatísticas oficiais sobre o uso de animais em laboratórios no Brasil. Conforme divulgado recentemente, um levantamento do G1 e dados obtidos por meio da Lei de Acesso à Informação mostram que dados sobre pesquisas com animais realizadas hoje no país ainda são escassos, desconhecidos pelo governo ou mantidos sob sigilo. Só um terço das instituições autorizadas têm suas pesquisas divulgadas oficialmente, e apenas 4% buscam alternativas a esses métodos (relembre aqui).

O que você pode fazer

Diversas alternativas éticas estão ao nosso alcance. Veja algumas sugestões:

–  Informe-se sobre o tema e ajude a divulgar a mensagem do veganismo e dos direitos animais;

–  Utilize quando possível receitas veganas para tratamentos de beleza, higiene, saúde e bem estar;

–  Boicote empresas que testam em animais e opte por produtos cruelty-free, que não testam e não contém insumos de origem animal;

– Caso tenha possibilidade, adote um animal. Dentre os animais que aguardam adoção em ONGs, existem aqueles que foram resgatados da experimentação e vivissecção, tais como camundongos, ratos, hamsters, coelhos e porquinhos da índia.

Veggi e Tal - Receitas veganas, Veganismo e Direitos Animais
© 2012 - 2016