A Dieta Vegetariana para cães

cao-vegano

Bramble, o cão vegano que entrou para o Guinnes Book como o cão mais velho do mundo

Hoje sabe-se que os cães – que são onívoros, assim como os humanos – não precisam de ingredientes específicos, como carne; precisam de nutrientes específicos.

A dieta vegetariana para cães e gatos já é pesquisada há muitos anos, existindo diversos estudos sobre o assunto.  A adoção de dietas vegetarianas para cães não é recente –  em países como Estados Unidos e Inglaterra cães de várias gerações vem sendo alimentados somente com produtos de origem vegetal.  No Reino Unido, um cão vegano chamado Bramble alcançou o Recorde Mundial do Guinness, por ser o cão mais velho vivo (na época da premiação). Bramble viveu durante todos esses anos em uma dieta vegetariana de arroz, lentilhas e vegetais orgânicos e viveu 27 anos.

Portanto, antes de levar em consideração a falácia de que não é uma alimentação “natural”, deve-se refletir sobre a validade e a qualidade do termo “natural” dentro de uma alimentação. Além disso, estudos mostram que a digestão de vários vegetais não é exatamente menor do que a de produtos derivados de animais nos cães. Para maiores informações, leia o livro Cães Veganos, disponibilizado no site Cães Vegetarianos.

A dieta saudável

Muitos dos ingredientes acrescentados nas rações comerciais são sub-produtos daqueles dirigidos ao consumo humano, e utilizam principalmente partes descartadas. Os produtos comerciais para animais, em geral, estão sujeitos à baixa qualidade dos ingredientes que os compõem, além de todos os produtos químicos como hormônios e agrotóxicos utilizados, o que obviamente não constitui uma alimentação saudável e adequada. Também sabe-se que muitas rações podem causar alergias aos animais.

Seguindo as valiosas informações em livros e conversando com especialistas da área, você pode criar uma dieta vegetariana balanceada, podendo inclusive dar preferência a produtos orgânicos, alimentos que manterão seu cão forte e saudável.

Você pode seguir as sugestões descritas em livros especializados para preparar uma alimentação caseira, atentando-se aos suplementos necessários para garantir que todos os nutrientes estão sendo fornecidos de maneira adequada, ou poderá optar pela ração vegetariana comercial.

Caso você se sinta desconfortável com o fato de incluir suplementos vitamínicos na dieta do seu cão, lembre-se que não há ração no mercado, seja ela vegetariana ou não, que não seja suplementada. E os suplementos vitamínicos não são nocivos à saúde dos cães, ao contrário, garantem a saúde e o equilíbrio.

Para obter mais informações e receitas, acesse o site Cães Vegetarianos.

Veggi e Tal - Receitas veganas, Veganismo e Direitos Animais
© 2012 - 2016