Direitos Animais

Artigos e noticias sobre direitos animais

Mesmo proibida, farra do boi continua a acontecer

A farra do boi, que ocorre desde os meados do século 18, foi proibida pelo Supremo Tribunal Federal (STF) desde 1997. Porém, mesmo com uma pena que vai de três meses a um ano de detenção, muitos farristas insistem na prática.

No mês de maio, rodeios são proibidos em diversas cidades

Animais explorados para entretenimento

O uso de animais para entretenimento é apenas mais um exemplo de especismo, ou discriminação baseada em espécies, uma mentalidade que permite que aqueles fora das nossas espécies sejam vítimas de preconceito que sobrepõe até mesmo os nossos interesses mais triviais aos seus.

Por que nunca visitar um zoológico

Os zoológicos são prisões onde vivem encarcerados milhares de animais ao desfrute daqueles que vão visitá-los. Nessas prisões, com a ilusão de serem livres, há todos os tipos de animais expostos como se fossem obras de arte em um museu.

Espiritualidade, especismo e a lacuna da simetria ética

A pedra angular do veganismo abolicionista é a consistência, uma simetria entre pensamento, palavra e ação. Uma refutação sonora da visão de mundo abolicionista certamente nega seus deveres éticos correspondentes. Mas a verdade é que nós não os rejeitamos, já concordamos com eles totalmente.

Defendendo animais e odiando humanos? Xenoespecismo!

Se agora eu odiasse quem maltrata e mata animais (misantropia e xenoespecismo) e quem ainda os come, sobrariam poucas pessoas para eu estimar.

Negação da morte e da relação entre humanos e outros animais

Em um novo artigo a ser publicado na edição de março 2015 do Anthrozoos Jornal da Sociedade Internacional para Antrozoologia) , Lori Marino e Michael Mountain lançam um olhar sóbrio na defesa animal, e tentam colocá-lo no contexto de profundas motivações humanas.

“Amor” aos cavalos pode atrofiar e encurtar a vida deles

Tem gente que “ama” tanto os cavalos que não resiste a passear em charretes torturando-os pelas ruas, e não vê o que faz e acha que quem mostra é que não presta.

E se fosse você?

Continuamos tratando a questão da escravidão animal de forma branda

Velório de proteína suína

Este bebê da imagem será assado em seis dias. Muitas pessoas iniciarão o ano de 2015 enchendo o seu processador funerário (estômago) de nacos da carne desse bebê. Para quê? Para nada. Nada para quem o come.

Entrevista com o filósofo David Pearce

Ele defende um projeto abolicionista que envolve o fim da predação, obtido através da ecoengenharia

Projeto de lei visa proibição do uso animais em pesquisa para cosméticos

Pode a ciência que se utiliza de animais ser considerada ética?

Em sua tentativa de tornar a experimentação animal algo mais aceitável pelo público os defensores da vivissecção frequentemente recorrem a argumentos de ordem ética…

A importância da informação vegana

Informações reforçam o objetivo de acabar com a escravidão legalizada de animais não humanos

O advogado que quer libertar os animais escravizados

O advogado que quer libertar os animais escravizados

Caso tenha êxito, ele acredita que acontecerá uma revolução na justiça e que se estenderá a outros animais, inclusive os que não têm a mesma autonomia dos chimpanzés

veganismo - Artigo da Sociedade Vegana

Veganismo Artigo da Sociedade Vegana

Veganismo é o modo de vida que busca eliminar toda e qualquer forma de exploração animal, não apenas na alimentação, mas também no vestuário, em testes, na composição de produtos diversos, no trabalho, no entretenimento e no comércio….

Direitos animais – Sociedade vegana

Animais tem direitos? A resposta a essa pergunta dependerá do que entendemos por “Direito”.

Da Castração de Cadelas e Gatas Prenhes

Da Castração de Cadelas e Gatas Prenhes

A castração de machos e fêmeas de cães e gatos é um ato de amor, sendo benéfica para o animal, seus tutores e para a sociedade (sendo que nesse ultimo caso evita-se a formação de excedentes de populações animais, que provavelmente serão abandonados à própria sorte e exterminados em centros de controle de zoonoses).

Oświęcim (nome polonês para Auschwitz)

Oświęcim (nome polonês para Auschwitz)

Eu me recuso a fazer isto porque eu mesmo sofri tão dolorosamente que eu consigo sentir as dores dos outros pela lembrança dos meus próprios sofrimentos.” – Edgar Kupfer-Koberwitz

Zoológicos sem visitantes

Zoológicos sem visitantes

Como relatou Martín Davids, tratador de chimpanzés do Zoológico de La Plata, Argentina, numa entrevista dada ao Canal do GAP no Youtube realizada dias atrás no Santuário de Sorocaba, os chimpanzés que estavam fora do recinto se negaram a entrar durante três dias quentes…

Assassinando filhotes de girafas

A cada dia, nas últimas semanas, vimos ataques às pessoas veganas, ao discurso vegano, às práticas veganas….

A exploração de cavalos nas grandes cidades do século 19

A exploração de cavalos nas grandes cidades do século 19

Em 27 de maio de 1887 o The New York Times publicava o artigo Horses die by hundreds. Quem vê título, não observa conteúdo. Os cavalos pouco aparecem na reportagem…

Carnismo- Porque Amamos Cães, Comemos Porcos e Vestimos Vacas

Melanie Joy é psicóloga social e autora do livro “Why We Love Dogs, Eat Pigs, and Wear Cows”

Dia Internacional dos Direitos Animais – Sônia T. Felipe

Há 65 anos, no dia 10 de dezembro de 1948, foram declarados os direitos humanos, uma carta que pôs limites ao poder de Estado de usar, abusar, explorar e matar cidadãos, seja lá com qual pretexto for…

Especismo eletivo

Neste texto, vou tratar do especismo eletivo, o irmão já idoso da xenofobia, o ódio ao que nasce em outro território que não o nosso…

Entrevista com Tom Regan – Direitos Animais

Entrevista com Tom Regan

Regan é professor emérito de Filosofia da Universidade do Estado da Carolina do Norte. É universalmente reconhecido como líder intelectual do movimento pelos direitos dos animais.

Abate humanitário

Abate humanitário

Termos como “humanitário” e “bem-estar” deveriam ser aplicados apenas nos casos em que buscamos o bem do indivíduo, e não para as situações em que procuramos matá-lo de alguma forma.

Páginas12