Documentário denuncia o genocídio animal nas celebrações religiosas populares da Espanha

santa-fiestaSanta Fiesta é um documentário que mergulha no coração dos festivais espanhóis onde os animais são torturados e mortos para o entretenimento das massas.

Em honra da Virgem e dos santos, com a bênção das autoridades religiosas e civis, populações inteiras – incluindo crianças – participam das celebrações de crueldade sem precedentes.

60.000 animais são abusados a cada ano durante as festividades sangrentas. E não se trata somente de touros embolados em fogo, ensogados, esfaqueados, atacados com dardos ou lançados na água, mas também são usados pombos, ratos, porcos, gansos, cavalos e até formigas.

O documentário foi dirigido pelo espanhol Miguel Angel Rolland, produtor e diretor de Santa Fiesta, que declarou:

“Tenho suportado por muito tempo a tolerância da Espanha com as touradas, um espetáculo brutal disfarçado de arte retratando a ponta de um enorme iceberg. Como muitos outros homens e mulheres espanhóis têm testemunhado desde a infância uma variedade de festas religiosas onde se perseguem animais e estes são chutados, esfaqueados, degolados, afogados, queimados ou jogados da torre de uma igreja. Acima de tudo, em nome de Deus. Claro que existem muitas razões para isso, mas no final tudo se resume a uma aliança entre autoridades católicas, governos locais e nacionais, e, obviamente, as pessoas. Portanto, os espanhóis estão todos metidos nisto. Mas, será que estamos realmente todos? A resposta é não. Uma massa crescente está exigindo cada ver mais o fim deste massacre insano.

Portanto, este filme é a minha contribuição para a mudança, espero que com o apoio das pessoas ao redor do mundo. Um documentário que com sorte poderia tornar-se em algo mais, em uma comunidade multiplataforma mundial que acabe com essa loucura em meu país.”

O documentário agora participa de uma campanha de financiamento coletivo no IndieGoGo.

Assista ao vídeo de campanha de Santa Fiesta (áudio em inglês e legendas em espanhol):

 

Fonte: Prensa Animalista

Veggi e Tal - Receitas veganas, Veganismo e Direitos Animais
© 2012 - 2016