Virunga (documentário)

O documentário se passa no Parque Nacional de Virunga , no Congo. O parque de cerca de 7.800 quilômetros quadrados é Patrimônio Mundial da UNESCO e faz fronteira com Uganda e Ruanda. É o lar dos últimos gorilas da montanha, espécie que está ameaçada de extinção. Neste ambiente, uma pequena e aguerrida equipe de guardas florestais – incluindo um ex-soldado criança que virou guarda florestal, um cuidador de gorilas órfãos e um conservacionista dedicado – protegem o parque da milícia armada, de caçadores e de forças que lutam para controlar os ricos recursos naturais do local.

Grandes companhias de petróleo usam a instabilidade no país para obter lucro. Embora quebrando a lei, a empresa britânica SOCO está tentando explorar petróleo no Parque Nacional de Virunga. A fim de fazer isso acontecer, eles contratam “empresas de segurança” para ganhar o apoio local. Em outras palavras: eles pagam pessoas para trabalhar contra o parque e parte do dinheiro acaba por alimentar os rebeldes no Congo.

O documentário lança luz sobre a complexa situação no país, e como a conservação se encontra no meio de tudo isso. Os guardas florestais do Parque Nacional de Virunga colocam suas vidas em risco – 130 guardas já perderam a vida – para protejer a natureza, os animais e o futuro de seus filhos.

Uma combinação de jornalismo investigativo e documentário sobre a natureza, Virunga é a incrível história real de um grupo de pessoas corajosas que arriscam suas vidas para construir um futuro melhor em uma parte da África esquecida pelo mundo.

Além dos prêmios já recebidos em outros festivais, Virunga foi indicado ao Oscar de melhor documentário.

O documentário é original do Netflix e está disponível no canal, legendado em português.

Assista ao trailer de Virunga, legendado:

Veggi e Tal - Receitas veganas, Veganismo e Direitos Animais
© 2012 - 2016