Estado indiano proíbe comercialização e posse de carne de vaca

Estado indiano proíbe comercialização e posse de carne de vacaO estado que inclui Mumbai, capital financeira da Índia, nesta semana tornou-se o mais recente a proibir a posse e comercialização de carne de bovinos no país, impondo multas e até cinco anos de prisão para violações.

A proibição no estado ocidental de Maharashtra, aprovada no último dia 02, veio como emenda a uma lei de 1972 que proíbe o abate de vacas, expandida para proibir a matança de touros, novilhos e bezerros. O abate de búfalos ainda será permitido, mediante autorização das autoridades.

A lei, que autoriza pagamento de multa de 10 mil rúpias, (cerca de US $ 162) entrou em vigor na noite de segunda feira após aprovação do presidente da Índia, Pranab Mukherjee.

Na Índia, vacas são reverenciadas pela maioria da população Hindu. Quase todos os estados indianos já tem disposições que restringem ou proíbem o abate de vacas. No entanto, o país é um dos principais exportadores de carne de búfalo, que são mais comuns e menos reverenciados. Como o comércio de carne bovina da Índia está em grande parte controlada pelos muçulmanos, uma minoria religiosa, a questão tornou-se um ponto de discórdia entre eles e os hindus, que se manifesta como uma disputa política durante as eleições.

Com informações do The New York Times.

Veggi e Tal - Receitas veganas, Veganismo e Direitos Animais
© 2012 - 2016