Nos EUA, pesquisa aponta para mudanças positivas na percepção dos direitos animais e do veganismo

direitos-animais-usaCada vez mais as pessoas nos EUA pensam que os animais devem ter os mesmos direitos que os humanos, de acordo com uma recente pesquisa. Cerca de um terço da população do país concorda com a idéia de que os animais devem ter “os mesmos direitos que as pessoas” quando se trata de proteção contra dano e exploração. O ponto de vista favorável aos direitos animais é mais forte do que em 2008, quando 25% das pessoas pensavam que os direitos animais “devem estar em pé de igualdade com os dos seres humanos”.

As mulheres continuam mais propensas a apoiar a ética animal do que os homens, mas o apoio entre ambos os grupos aumentou em quantidade similar desde 2008.

Bem poucas pessoas, 3%, acreditam que os animais requerem pouca proteção contra danos e exploração “já que são apenas animais”.

Quanto aos tipos de exploração que os estadunidenses mais demonstraram preocupação: animais em circos, em esportes, e, em extensão ligeiramente menor, animais que vivem em zoológicos ou criados como gado.

De acordo com o grupo de pesquisa, “os direitos animais está entre o top of mind dos americanos nos últimos anos por causa de um número crescente de filmes e notícias que descrevem o mau tratamento dos animais.”

Os resultados para esta pesquisa são baseados em entrevistas telefônicas realizadas em maio de 2015, com uma amostra aleatória de 1.024 adultos a partir de 18 anos. 

 

Veggi e Tal - Receitas veganas, Veganismo e Direitos Animais
© 2012 - 2016