Fumaça líquida – por que não utilizar e como substituir

carvaoA Fumaça Líquida é produzida pela condensação de fumaça e vapores obtidos pela queima da madeira. Proporciona sabor, aroma e cor de defumado ao alimento e é utilizada em produtos e pratos vegetarianos.

Entretanto, conforme alerta a filósofa Sônia T. Felipe, a fumaça líquida não pode ser considerada um produto vegano, já que foi testada em animais. O nome do teste é LD50, e após a tortura da experimentação, todos os animais que sobrevivem são mortos.
Além disto, o produto é altamente cancerígeno, segundo T. Collin Campbell em seu livro Whole: rethinking the Science of Nutrition.

Existem alguns alimentos defumados de origem vegetal/mineral: pimenta chipotle, páprica defumada, sal defumado, chá preto defumado, tofu defumado e amêndoas defumadas, alimentos que, em princípio, passam por processo de defumação natural, com madeiras nobres ou carvão.
Apesar de não haver muita informação disponível sobre os malefícios à saúde destes alimentos em específico, é importante esclarecer que na fumaça de carvão há dois componentes cancerígenos: o alcatrão e o hidrocarboneto policíclico aromático (presentes também na fumaça do cigarro) , que impregnam o alimento durante a defumação. Portanto, mesmo que o produto seja naturalmente defumado, ele ainda será potencialmente cancerígeno.

Nossa sugestão para substituir a fumaça líquida:

-3 colheres (sopa) de óleo de gergelim torrado
-1 colher (sopa) de molho shoyu
-3 colheres (sopa) de azeite
-1 colher (sopa) de vinagre 1 pitada de sal
-1 pitada de pimenta calabresa em pó ou páprica picante (opcional)

Deixe o alimento marinar nesta mistura de um dia para o outro na geladeira e utilize normalmente em sua receita.

Veggi e Tal - Receitas veganas, Veganismo e Direitos Animais
© 2012 - 2016