Gorila tentou proteger criança antes de ser abatido, diz testemunha

Menino de quatro anos ficou nos braços do animal após cair em fosso de zoológico nos EUA. Americana que presenciou o incidente disse que o gorila não parecia agressivo.

gorila-meninoUma americana que presenciou o abatimento de um gorila pela segurança de um zoológico nos EUA após um menino de 4 anos cair no fosso onde vivia o animal afirmou que a criança não parecia correr risco de vida. Imagens do incidente ocorrido no sábado viralizaram na internet no fim de semana.

Brittany Nicely explicou à  emissora NBC que o animal, chamado Harambe,, parecia estar sendo protetor. “Não acho que o gorila sabia da presença do menino até ouvi-lo bater na água”, disse. “O gorila foi ao menino, mas não o machucou. Ele estava meio que o protegendo. Ele estava curioso. Estava olhando para ele, vendo suas mãos”.

Um vídeo publicado pela emissora americana ABC mostra Harambe carregando a criança pela água do fosso antes de ser abatido. De acordo com a administração do zoológico, o corpo de bombeiros teria informado que o “gorila estava arrastando e arremessando a criança violentamente”.

O diretor do zoológico justificou a execução do gorila ao dizer que o uso do tranquilizante levaria tempo para fazer efeito. “Estamos com o coração partido por perder Harambe, mas a vida de uma criança estava em risco e uma decisão rápida precisava ser tomada”.

Após o incidente, o menino foi levado ao hospital sem ferimentos graves e foi liberado no mesmo dia. “Ele está em casa e passa bem”, informaram os familiares por meio de um comunicado.

Fonte: Marie Claire

Veggi e Tal - Receitas veganas, Veganismo e Direitos Animais
© 2012 - 2016