Justiça italiana condena responsáveis pelo criadouro de Beagles Green Hill

Justiça italiana condena responsáveis pelo criadouro de Beagles Green Hill O Tribunal Penal de Brescia condenou, no dia 23  de janeiro, três de quatro acusados no caso dos cães do GreenHill, criadouro para fins de experimentação cujas instalações permanecem fechadas de forma preventiva desde o verão de 2012.

Em uma sentença histórica, os condenados por maus tratos e pela morte de mais de 6.000 beagles em suas instalacões por falta de assistencia veterinária, enfrentarão penas de um ano a um ano e meio de prisão, bem como a suspensão de sua atividade durante dois anos.

As organizações de defesa animal que trabalharam durante anos em diversas campanhas pedindo pelo fechamento do criadouro comemoraram esta vitória, ainda que insuficiente. Além disto, temem que os acusados entrem com recurso,  o que pode causar demora no processo.

Em 28 de abril de 2012, realizou-se um dos marcos mais importantes na luta pelos direitos animais contra o Green Hill, quando centenas de manifestantes conseguiram entrar no local e resgataram mais de 70 animais. A imagem de um filhote de Beagle sendo passado através das instalações de arame farpado, ajudado por dezenas de pessoas, rodou o mundo e tornou-se um símbolo contra a experimentação animal.

Fonte: Igualdad animal

Veggi e Tal - Receitas veganas, Veganismo e Direitos Animais
© 2012 - 2016