Graças à cientistas veganos, em breve, leite “de vaca” vegetal pode ser realidade em breve

cientista-leiteOs Biohackers Ryan Pandya e Perumal Gandhi estão trabalhando na elaboração de uma mistura à base de plantas que é quase idêntica em composição ao leite de vaca.

Para conseguir isso, eles foram longe na modificação de óleo de girassol, para que ele possa assumir uma composição estrutural semelhante a das gorduras do leite, substituindo lactose por galactose, açúcares quase indistinguíveis, e cultura de levedura para liberar caseína, uma proteína do leite animal natural . Se for bem sucedido, o processo que eles desenvolveram pode algum dia ser usado para extrair um vasto leque de produtos lácteos, como queijo, manteiga e iogurte.

A dupla, ambos com experiência em bioengenharia, são os co-fundadores da Muufri, uma start-up com sede em San Francisco, que espera formar a idéia de leite fabricado em laboratório como uma alternativa mais humana e ética para os consumidores. Financiado pelo programa Singularity University’s Synthetic Biology Accelerator, eles passaram  meses em um laboratório da Universidade College Cork, na Irlanda, onde estão próximos de desenvolver um lote protótipo, que é 100 por cento livre de animais.

muufri“Se você tem todos os ingredientes certos, fazer leite à mão pode ser surpreendentemente fácil”, diz Pandya. “Parte da razão pela qual nós chegamos tão longe e nos esforçamos para ver se isto iria funcionar é porque nós somos amantes dos animais, apaixonados de coração.”

“Nós estamos, basicamente, fazendo uso da biotecnologia para fazer leite sem pasteurização e sem o risco de contaminantes como pesticidas, hormônios ou bactérias que podem estragar o leite rapidamente”, diz Pandya. “É bastante semelhante ao processo para fazer remédio e insulina, de modo que vai ser super estéril.”

Os cientistas estão trabalhando muito para conseguir disponibilizar algo em lojas especializadas da Califórnia antes de 2017. 

Com informações de The Washington Post.

Veggi e Tal - Receitas veganas, Veganismo e Direitos Animais
© 2012 - 2016