Proibidas peles e plumas de animais no Carnaval da Bolívia

Proibidas peles e plumas de animais no carnaval da BolíviaAutoridades bolivianas proibiram o uso de peles e plumas de animais nas fantasias que serão usadas no Carnaval do país, e também o desperdício de água em brincadeiras nas festas, informou uma fonte oficial.

O Ministério do Meio Ambiente, Biodiversidade e Mudanças Climáticas disse em comunicado que emitiu uma ordem proibindo “a comercialização e acúmulo de animais silvestres, vivos ou mortos, ou elementos que provenham destes, em manifestações do carnaval nacional”.

Funcionários do Ministério do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos e da Polícia Florestal vão monitorar e confiscar qualquer produto que venha de animais silvestres, acrescenta a nota.

De acordo com a mesma fonte, o vice-ministro do Meio Ambiente e Biodiversidade, Gonzalo Rodriguez, disse que esta legislação será aplicada principalmente nos desfiles folclóricos que ocorrem na Bolívia, por ocasião do Carnaval.

“As brigadas serão deslocadas em todo o país para evitar posse ilegal, comércio e matança de animais selvagens que são prejudiciais para o ecossistema”, disse Rodriguez.

Regiões do país celebrarão o carnaval a partir desta sexta-feira, com desfiles de fantasias e danças que vão durar até a próxima terça-feira, mas a maior festa ocorrerá no sábado, em Oruro.

O Carnaval de Oruro, declarado em 2001 Patrimônio Oral e Imaterial da Humanidade pela Organização Educacional, Científica e Cultural das Nações Unidas, é um dos mais visitados por turistas bolivianos e estrangeiros.

O governo boliviano e grupos ambientalistas expressaram em várias ocasiões sua preocupação com a caça de espécies como os “quirquinchos” (tatus andinos), cujas carapaças são usadas para fazer chocalhos usados em algumas danças tradicionais.

Também são predados flamingos andinos, papagaios, tucanos e condores, sendo suas asas e penas arrancadas para vestir dançarinos que participam de vários desfiles folclóricos.

Com informações do El Informador.

Veggi e Tal - Receitas veganas, Veganismo e Direitos Animais
© 2012 - 2016