Pesquisa revela queda no consumo de carne no Brasil após operação Carne Fraca

A Operação Carne Fraca reduziu o consumo de carne bovina no Brasil, aponta a pesquisa “Carne Fraca, Risco e Varejo de Carne Bovina: efeitos da mídia sobre o consumidor brasileiro”. O levantamento foi realizado pelos professores Filipe Quevedo-Silva e Caroline Pauletto Spanhol Finocchio, da ESAN, e o professor Otávio Freire, da Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo.

De acordo com os pesquisadores, na semana posterior à operação, realizada em 17 de março, foi iniciada a pesquisa com pouco mais de 400 pessoas entrevistadas em todo território nacional por meio de questionário online.

O levantamento identificou que 98% das pessoas haviam ouvido falar da Operação Carne Fraca e 68,4% associaram as notícias a uma crise nacional no sistema de produção. O principal motivador para a diminuição na intenção de consumo é a percepção de risco associada à carne.  “As pessoas que tinham visto algum tipo de mídia falando sobre a crise, de alguma maneira, foram significativamente afetadas na sua percepção de risco, diferentemente daquelas que tinham visto menos notícias. Isso mexe com a avaliação da carne e, por consequência, com a avaliação de compra”, aponta a pesquisa.

Com informações de Info Money.