Protesto e resgate de animais no Instituto Royal

Protesto e resgate de animais no Instituto RoyalA manifestação contra o Instituto Royal teve início no sábado passado, (12/03). Os ativistas se mantiveram acorrentados e em greve de fome. Na noite de quinta feira, mais manifestantes se juntaram ao grupo, reunindo de 120 a 150 pessoas. Durante a madrugada, por volta das 2h, dezenas de ativistas derrubaram um portão e invadiram o laboratório . Eles levaram em carros próprios cerca de 200 cães que estavam no complexo. Segundo os ativistas, uma denúncia anônima havia alertado que os cães estariam sendo sacrificados desde as 14hrs de quinta (17) com métodos cruéis e que os corpos estariam sendo ocultados em um porão.

Não há informações precisas sobre o resgate dos coelhos e ratos mantidos pelo instituto. De acordo com publicações de ativistas via internet, foram encontrados coelhos no local, mas os ratos permaneceram.

Já o Ministério Público  afirma que a invasão ao Instituto Royal prejudicou a investigação que vinha ocorrendo desde dezembro do ano passado. É o que diz o promotor Wilson Velasco Junior, responsável pelo caso.
O atraso no andamento das investigações, segundo Velasco, será devido aos “furtos” dos aparelhos utilizados nos animais, bem como a retirada dos cães da raça Beagle, para fora do local que eram utilizados em testes de laboratório.

Situação irregular

Há informações de que o Instituto Royal funciona em condições ilegais, não tendo registro para funcionamento e está credenciado como canil e não um laboratório “científico” de testes em animais, condições que tornam toda a propriedade ilegal e facilita o fechamento do laboratório.

Entre os experimentos realizados estão os  testes de toxidade, irritação ocular ou cutânea. Ao final da experimentação os animais são mortos ou descartados.

Próximas ações

Uma manifestação nacional, às 10 horas, foi convocada para se estabelecer na porta do laboratório neste sábado. O objetivo é que o ato sirva para pressionar o Ministério Público a tomas medidas e feche o Instituto Royal.  Acompanhe o evento no Facebook.

Assine a petição contra o uso de animais pelo instituto Royal.

Acesse a página do Facebook que promove a a adoção dos cães resgatados.

O Camaleão mantém uma página constantemente atualizada sobre a ação dos ativistas, com informações e livestream. Acesse: http://www.camaleao.org/protesto-instituto-royal-acompanhe-minuto/

Informações: G1CamaleãoCruzeiro do Sul

 Vídeo da Record sobre a ação no Instituto Royal:

 

Veja também:

Ativistas protestam acorrentados desde sábado contra testes em animais

Centenas de pessoas participaram do Comboio Pela Vida dos Beagles, de São Paulo a São Roque (SP)

Entrevista com George Guimarães – uso de animais em testes de indústria farmacêutica

Veggi e Tal - Receitas veganas, Veganismo e Direitos Animais
© 2012 - 2016