Restaurante nigeriano flagrado por vender carne humana

Metabolismo intestinal faz carne elevar risco de doençaUm restaurante em Anambra, Nigéria, foi fechado após suas atividades de venda de carne humana chegarem ao conhecimento dos líderes locais, diz a BBC.

A polícia foi informada sobre as atividades do restaurante por líderes e residentes locais, correu para o local e os policiais ficaram chocados ao ver duas cabeças humanas, ainda frescas, escorrendo sangue.

O sangue estava sendo aproveitado em um saco de polietileno, talvez guardado para ser servido em uma iguaria diferente.

A polícia prendeu seis mulheres e quatro homens em conexão com o crime.

No momento da prisão, eles conseguiram recuperar um rifle AK-47 e outras armas, incluindo conjuntos de granada e vários telefones celulares.

“Toda vez que fui ao mercado, observei atividades estranhas acontecendo no hotel. Pessoas que nunca estavam vestidas de forma limpa e que pareciam um pouco estranhas faziam o seu caminho para dentro e para fora do hotel, me deixando muito desconfiado de suas atividades. Eu não estou surpreso com a revelação chocante “, disse um dos moradores.

Um padre local foi surpreendido pelas revelações e relatou à polícia como, sem saber, comeu carne humana.

“Eu tinha ido ao restaurante no início da manhã, no café da manhã. Terminei minha refeição e me foi apresentada a conta, fiquei chocado com o valor cobrado. O atendente percebeu minha reação e me disse que era o pequeno pedaço de carne que eu tinha comido que fez a conta ficar tão cara. Eu não sabia que eu tinha sido servido com carne humana, e que era tão caro “, disse ele.

Já há tempo relata-se que carne humana está sendo vendida na Nigéria ao lado de outras refeições em gastronomia, mas esta é a primeira vez que se ouve falar de um restaurante especializado em vender apenas carne humana.

Via SDE

Veggi e Tal - Receitas veganas, Veganismo e Direitos Animais
© 2012 - 2016