Com apoio de Bill Gates, ovo vegetal quer tirar galinhas das gaiolas

Um pó verde-claro, criado por uma empresa americana, pretende substituir o ovo em algumas receitas.

 Com apoio de Bill Gates, ovo vegetal quer tirar galinhas das gaiolas

O Beyond Eggs (Além dos Ovos, em português), desenvolvido pela Hampton Creek, vem sendo chamado de ovo vegetal e tem como principal objetivo, de acordo com o fundador da empresa, Josh Tetrick, poupar milhões de galinhas.

De acordo com ele, as aves vivem em granjas “onde passam suas vidas inteiras em baterias de gaiolas -tão pequenas e superlotadas que não podem sequer abrir suas asas”.

A empresa tem apoio financeiro de Bill Gates, fundador da Microsoft, e criou uma receita de “ovo artificial” que leva uma variedade de ervilha, outra de feijão, sorgo, óleo de girassol e de canola, além de outros ingredientes naturais.

Entre as características ressaltadas por Tetrick, está o fato de o ovo vegetal ser livre de colesterol e de salmonela, uma bactéria encontrada na casca que, se ingerida, pode causar intoxicação alimentar.

Uma das formulações do pó pode ser utilizada para substituir ovos em produtos assados, como biscoitos. Outra, em molhos e maionese, por exemplo. Tanto os biscoitos como a maionese começarão a ser vendidas em março do ano que vem pela Hampton Creek nos Estados Unidos.

Segundo a empresa, ainda neste ano duas outras grandes companhias alimentícias americanas começarão a usar o Beyond Eggs, mas os nomes não foram revelados.

No futuro, Tetrick espera desenvolver um produto líquido, que possa ser usado para fazer ovos mexidos, assim como expandir as atividades da empresa internacionalmente, em países como Brasil, China e Nigéria.

Sobre o gosto, Tetrick afirma que o ovo não fica tão evidente na receita, o que ressalta o sabor de outros elementos. “Você sente mais o gosto do chocolate no biscoito, por exemplo. E a maioria das pessoas também prefere o gosto da nossa maionese”, diz.

Para Bill Gates, empresa é o “futuro da alimentação”

De acordo com informações da Hampton Creek, que tem sede em São Francisco (EUA), a empresa tem apoio financeiro de Bill Gates, que a identificou como uma das principais empresas que “moldarão o futuro da alimentação”.

“Bill Gates é um investidor em nossa empresa através da Khosla Ventures [empresa de investimento]. Na verdade, ele tem falado publicamente sobre esse investimento e nos selecionou como uma das três empresas em seu fundo especial para o futuro da alimentação”, afirmou por e-mail a diretora de comunicações da Hampton Creek, Morgan Oliveira. Os valores envolvidos não foram revelados.

A diretora diz que a empresa vê no Brasil um mercado em potencial para a venda desses ovos vegetais. “Os preços dos ovos estão aumentando globalmente. A segurança do alimento também é uma preocupação em todo o mundo, assim como as questões de sustentabilidade. Além disso, os brasileiros são conhecidos por seu amor aos produtos de ponta”, afirma. Ainda não há previsão para a venda por aqui.

A Hampton Creek também pretende expandir a linha de produtos. Segundo Morgan Oliveira, o líquido para fazer ovos mexidos deve ficar pronto em março, assim como uma massa pronta para fazer biscoitos em casa.

Fonte: Uol Economia

Veggi e Tal - Receitas veganas, Veganismo e Direitos Animais
© 2012 - 2016