Como tornar suas receitas mais nutritivas

Muitas vezes temos dificuldade em ingerir uma grande variedade de alimentos saudáveis e nutritivos. Seja por falta de tempo, falta de praticidade, falta de paladar, entre outros motivos. Existem maneiras de enriquecer sua alimentação de forma prática e rápida! Veja algumas dicas:

vegetaisAlimentos Liofilizados

liofilização é um processo de desidratação de produtos naturais sem aquecimento. A liofilização é capaz de produzir um produto desidratado com qualidade em termos nutricionais, mantendo o máximo das propriedades como sabor e cheiro do alimento natural. Existe uma grande variedade de frutas, legumes e hortaliças liofilizados no comércio, geralmente em lojas de produtos naturais. Comumente encontrados em forma de pó, são muito versáteis e podem ser adicionados a praticamente todo tipo de prato: sucos, sobremesas, sopas, feijão, molhos, massas, etc. Uma das principais vantagens é que estes alimentos duram por bastante tempo, são fáceis de armazenar e são perfeitos para momentos em que precisamos de rapidez ou que estamos sem estes vegetais in natura.

Farinhas

Além dos liofilizados, existem alimentos em forma de farinha (de cereais, leguminosas, vegetais) são bem fáceis de adicionar às refeições . Farinha de aveia, de centeio, de arroz integral, de feijão, levedo de cerveja, entre outras podem ser introduzidos na preparação de todo tipo de alimento.

Alimentos de sabor neutro

Existem alguns vegetais que possuem sabor bastante neutro. Abobrinha e inhame por exemplo, podem ser batidos no liquidificador com um pouco de água e utilizados em sucos, molhos, sopas, quase sem alterar o sabor original do alimento.

Adicionar vegetais a alimentos de sabor predominante

Uma boa sugestão (especialmente para quem não aprecia muito vegetais) é prepará-los junto com outros alimentos de sabor forte que sejam do seu agrado. Funciona bem especialmente para crianças que não gostam muito de vegetais. Pode ser liquidificado, picado, ralado, etc. Podemos, inclusive, cozinhar os vegetais dentro da refeição principal. Por exemplo, cozinhar beterraba dentro do feijão faz com que os nutrientes contidos no vegetal passem para o caldo do feijão.
Outro exemplo: um molho não precisa ter somente tomate: podemos adicionar cenoura batida, abobrinha, couve liofilizada, etc. Muitas combinações ficam bem agradáveis.
Veja algumas receitas:

Pão integral fácil

Nhoque de legumes

Hamburguer de soja com vegetais

Existem muitas maneiras de aumentar as qualidades nutricionais dos alimentos tradicionais; basta criatividade!

Veggi e Tal - Receitas veganas, Veganismo e Direitos Animais
© 2012 - 2016