Pessoas interagem como vacas em um “Reality Farm Virtual”

Tecnologia cibernética na Universidade de Stanford reproduz experiência de animais explorados pela pecuária, de maneira totalmente nova e interativa

Tecnologia cibernética na Universidade de Stanford reproduz experiência de animais explorados pela pecuária, de maneira totalmente nova e interativa.No Laboratório de Interação Virtual Humana da Universidade de Stanford, a análise psicológica é combinada com tecnologia de ponta para testar os efeitos da empatia, fazendo alunos experienciarem o que é ser uma vaca de fazenda industrial, a partir de uma perspectiva de primeira pessoa . Os participantes estão imersos em um mundo de realidade virtual, onde vestem um capacete e se vêem como bovinos; andam em suas mãos e pés, são cutucados e eletrocutados por parte dos trabalhadores, e, finalmente, são levados para a experiência do matadouro. Foi então solicitado aos indivíduos que registrassem o que comiam durante a semana após a sua experiência virtual. Os resultados ainda não foram analisados, mas participantes já declaram a capacidade do Laboratório de Interação Virtual Humana para induzir a empatia: “Eu realmente senti como se estivesse indo para o matadouro no final e me senti triste que eu (como uma vaca) ia morrer “, disse um participante.
Este é um dos vários experimentos que está sendo realizando em laboratório, todos adaptados para revelar se existem novas formas de incentivar a preservação ambiental. Os estudos analisam como experiências de realidade virtual podem alterar nosso comportamento.

Fonte: Vegnews Scientific American

Veggi e Tal - Receitas veganas, Veganismo e Direitos Animais
© 2012 - 2016