Ele sonhava em ser o primeiro vegan a escalar o Monte Everest do Nepal. Em seguida, veio o terremoto

Ele sonhava em ser o primeiro vegan a escalar o Monte Everest do Nepal. Em seguida, veio o terremotoKathmandu Nepal – o programador de software de trinta e cinco anos de idade, Kuntal Joisher, prometeu ser o primeiro vegan a escalar o Monte Everest a partir da Cordilheira do Himalaia nepalês.

Em seguida, o terremoto aconteceu.

“Eu queria fazer algo tão espetacular que as pessoas seriam forçadas a fazer uma pergunta diferente: ‘Cara, o que você come que permite a você fazer tudo isso?’ Eu poderia destruir o mito de que os vegans não obtém proteína “, disse Joisher depois de voltar para Kathmandu a salvo, após um encontro assustador com o terremoto e a avalanche no acampamento base.

Um vídeo de Joisher, ofegante durante a avalanche, tornou-se viral no YouTube:

Joisher, que nasceu na Índia em uma família vegetariana, disse que se tornou um vegan apaixonado em 2002, depois de trabalhar em Los Angeles. Mas ele queria mudar o mundo, também. E que melhor maneira de fazer isso do que do alto do topo do mundo?

Joisher disse que, até agora, houve apenas um vegan no topo do mundo, mas ele subiu do Tibete, não do Nepal.

“A dieta de um alpinista típico é considerada queijo, carne bovina, carne seca, mas eu queria provar exatamente o oposto”, disse Joisher. “Eu mudei não só a comida que eu comi durante a escalada, mas também o equipamento de montanhista.”

Joisher passou muito tempo instruindo o pessoal da cozinha nepalesa que viajou com ele na expedição, a retirar os derivados lácteos. Ele ficou tão cansado de explicar os males das fazendas industriais para os cozinheiros Sherpa que por fim só disse a eles que tinha uma alergia que poderia impedir sua escalada. Eles entenderam imediatamente, disse.

Ele substituiu materiais como botas, luvas, calças e sacos de dormir por materiais sintéticos. Mas havia um item que ele não poderia substituir por um material ideal para vegans – um tipo de traje de corpo inteiro que alpinistas vestem no topo do Monte Everest. Ele escreveu mensagens pelo Facebook para seis empresas que fabricam roupas de montanha. Quatro responderam, dizendo que não têm qualquer plano para fazer um substituto sintético. Ele escreveu para dezenas de vegans influentes no Ocidente tentando encontrar uma alternativa, e até pensou em rasgar o saco de dormir sintético e usá-lo no dia que chegasse ao topo como traje. “Mas imagine se eu morresse no Monte Everest usando isto. Isso seria uma má publicidade para a causa vegan “, disse Joisher.

Quando a avalanche destruiu grande parte do acampamento base, matando escaladores e sherpas, a equipe de Joisher decidiu cancelar a escalada.

“Eu vou voltar para a expedição no próximo ano”, disse ele. “Isso me dá mais tempo para procurar um traje vegan-friendly para o dia do topo do Everest.”

Via Washington Post.

Veggi e Tal - Receitas veganas, Veganismo e Direitos Animais
© 2012 - 2016