Vegetais acessíveis e altamente nutritivos

couve

A couve está entre os alimentos mais densos em nutrientes

Vegetais acessíveis e populares também são superalimentos cheios de nutrientes e benefícios. Confira abaixo alguns vegetais comuns e de elevado valor nutricional:

Amendoim

A composição do amendoim é rica em ácidos graxos insaturados, que são benéficos à saúde e fonte de proteína vegetal, fibra dietética, vitaminas, antioxidantes, minerais e fitoquímicos, além de promover a saciedade.

Aveia

É um cereal rico em fibras, ferro, cálcio, magnésio, zinco, cobre, manganês, vitaminas (principalmente vitamina E) e proteínas. É encontrada em foma de grão, flocos, farelo ou farinha e pode ser adicionada a diversas preparações culinárias.

Arroz e feijão

São, de fato, uma dupla inseparável devido à riqueza de nutrientes. Aminoácidos que um não tem o outro possui, por exemplo. Esses alimentos se complementam. Segundo a Embrapa, um prato de arroz com feijão garante a absorção de mais de 80% da sua proteína.

Abacate

Abacates fornecem os 8 aminoácidos essenciais necessários para o corpo formar uma proteína completa. Contém gorduras saudáveis, antioxidantes, e é fonte de vitamina E.

Batata

São uma boa fonte de vitamina C, B6 e niacina (vitamina B3 e ácido nicotínico). As batatas são também ricas em sais minerais, incluindo ferro, cobre, manganês e triptofano. Na verdade, as batatas contêm todos os vinte e um aminoácidos, que são os blocos de construção das proteínas, formando proteínas completas sobre a digestão. São muito versáteis e podem ser incluídas em diversos pratos, mas o ideal para preservar seus benefícios é consumi-las sem fritá-las.

Couve

A couve está entre os alimentos mais densos em nutrientes do planeta. É rica em vitaminas (principalmente vitamina A, K e C) e sais minerais. Apenas para efeitos comparativos, a couve tem mais ferro por caloria do que a carne e mais cálcio por caloria do que o leite, além de ser anti-inflamatória e aumentar a imunidade.

Linhaça

Possui Ácidos Graxos, Ômega 3 e ainda mucilagens de ação laxante, que nutrem a flora intestinal, tratam mucosas e auxiliam na desintoxicação. Junto com a semente de chia, a linhaça é a principal fonte de ômega 3 de origem vegetal. Recomenda-se o consumo diário – preferencialmente do grão triturado na hora – que pode acompanhar saladas, frutas, sucos, e diversos pratos doces e salgados.

Veggi e Tal - Receitas veganas, Veganismo e Direitos Animais
© 2012 - 2016