Dieta vegetariana aumenta a saúde física e bem-estar emocional

vegetais são arma da dieta anticâncer

Ontem (20/03) foi o Dia Internacional da Felicidade. A data foi estabelecida pela Assembléia Geral das Nações Unidas, em 28 de junho de 2012, e tem por objetivo reconhecer que a busca da felicidade é um objetivo humano fundamental. Infelizmente, a data não inclui ainda o reconhecimento de que todo ser senciente busca a felicidade, bem como estar livre do sofrimento.

Mas para aqueles que reconhecem que esse objetivo fundamental  não é exclusividade humana, há um “bônus”: de acordo com um novo estudo, uma dieta estritamente vegetariana aumenta a saúde física e o bem-estar emocional de quem a adota.

Pesquisadores, em conjunto com o Comitê de Médicos pela Medicina Responsável dos EUA, selecionaram empregados de uma empresa de seguros, que tinham ICM de 25 ou mais, ou que foram previamente diagnosticados com diabetes do tipo 2. Estes funcionários foram então colocados em uma alimentação vegana de baixo índice glicêmico, baixo teor de gorduras e rica em fibras, durante 18 semanas.

Os participantes do estudo experimentaram melhora na produtividade geral e melhorias mensuráveis na ansiedade, depressão, fadiga e estado geral de saúde. Eles também perderam uma média de 10 quilos, reduziram o colesterol LDL em 13 pontos, e melhoraram o controle de açúcar no sangue, quando tinham diabetes tipo 2.

Opções veganas saudáveis, incluindo sanduíches vegetais com hommus, saladas verdes e chili de feijão preto, estavam disponíveis nas lanchonetes da empresa. O menu de quatro meses apresentava uma variedade de frutas e legumes, rica em vitaminas e minerais.

Os participantes do estudo davam preferência a alimentos ricos em carboidratos saudáveis, incluindo arroz integral, grãos de aveia e pão de centeio, o que ajuda a regular os níveis de serotonina no cérebro. A serotonina ajuda a controlar o humor. Também eram dadas orientações aos trabalhadores sobre os alimentos que combatem doenças e como prepará-los.

“Os mesmos alimentos que reduzem o risco de obesidade, doenças cardíacas e diabetes, podem ajudar a melhorar o humor geral”, observa o autor do estudo Neal Barnard. “Na paisagem evolutiva da pesquisa neurológica, uma dieta baseada em vegetais pode ajudar no tratamento de sintomas de ansiedade e depressão. “

Veggi e Tal - Receitas veganas, Veganismo e Direitos Animais
© 2012 - 2016