Vídeo com crianças alerta para a exploração de animais em entretenimento e campanhas publicitárias

Uma ONG espanhola criou ‘O casting mais monstruoso’, onde utiliza crianças humanas no lugar dos animais para dar a perceber pelo que passam quando são usados para fins de entretenimento.

A ONG espanhola FAADA quer denunciar a forma como os animais são tratados em campanhas de publicidade, eventos e circos.

Para isso criou esta campanha, “El cásting más bestia” (O casting mais monstruoso). No vídeo de pouco mais de dois minutos, aparecem crianças felizes fantasiadas de animais participando num casting. Pouco depois, os pais são confrontados pela equipe sobre as condições das filmagens.

“Há a possibilidade de ficarem sem comer no dia antes da rodagem”, “às vezes arrancamos dentes, mas só os incisivos, para evitar problemas. Vê algum inconveniente?”, “às vezes utilizamos descargas elétricas, para que se acalme”. Escandalizados, os pais vão retirando os filhos do estúdio.

“Todas as reações são reais”, garante ao El País Jennifer Berengueras, coordenadora de projetos da FAADA.

Esta ONG, que há três anos se empenha em denunciar o uso de animais em campanhas de publicidade, quis que o público “soubesse o que se passa” nestes contextos e espera que as pessoas se tornem mais críticas quando veem um animal “num ambiente que não é o dele”.

As empresas acusadas já vieram negar as práticas relatadas no site da campanha. Mas a FAADA garante que “nem com as melhores intenções seria possível que estes animais estivessem bem.” Veja o vídeo da campanha:

Via Notícias ao Minuto.

Veggi e Tal - Receitas veganas, Veganismo e Direitos Animais
© 2012 - 2016