Vídeo mostra bezerra tentando escapar da morte

Mesmo aterrorizada, ela preocupava-se com os outros animais no matadouro

Este vídeo divulgado no Dia Mundial do Veganismo, feito por Emilia Viacava, mostra uma bezerra que conseguiu se libertar de um gancho em sua perna, em um matadouro na Argentina. Mesmo aterrorizada e querendo fugir, ela preocupava-se com os outros que permaneciam pendurados. Cheirava cada um deles e tentou reanimá-los com a cabeça.

Os trabalhadores passaram 30 minutos correndo atrás e batendo nela, e ela estava desesperada para escapar. Por fim lhe jogaram água, lhe deram choques e esmagaram sua cabeça com uma grande marreta. Este compassivo bezerro foi brutalmente assassinado para que possamos nos banquetear com sua carne. Por favor, pense nela e nos milhões como ela, antes de consumir produtos de origem animal.

A ativista que gravou as imagens declarou em sua página no facebook: “No meio de todas as mortes anônimas que acontecem todos os dias, eu me encontrava neste matadouro quando a assassinaram, electrocutando-a e lhe dando marteladas na cabeça, podendo documentar e divulgar para que esta atrocidade seja conhecida por todos e sirva para semear consciência.”

 “Eu estava filmando a matança naquele dia, quando uma das vacas conseguiu se desenganchar do lacre que a pendurava pela pata (já que as penduram completamente conscientes, não lhes realizavam um golpe prévio na cabeça) antes que lhe cortassem a garganta e começou a correr por todo o matadouro, parando na frente de cada uma das outras, batendo nas cabeças de todas as vacas penduradas que estavam sangrando boca abaixo: parecia querer reanimá-las, cheirava e dava um empurrãozinho na cabeça de todas. Tentaram capturá-la usando um bastão de choque que não funcionava, por isso deram a ordem de ir buscar outra arma de choque, enquanto 6 funcionários tentavam matá-la com golpes de uma marreta e paus. Ela resistiu durante meia hora assim”

“Essa vaca ficou mais de meia hora se defendendo e lutando para continuar vivendo, até que morreu da forma mais horrível e desesperada. Assim morrem 5.000 animais por segundo no mundo só para ser objetos de nosso consumo, algo completamente evitável porque está comprovado que podemos viver bem, fortes e saudáveis sem usar nem submeter ninguém a uma vida de escravidão total (escravidão = usar alguém como meio para obter um fim próprio)”

 

Veggi e Tal - Receitas veganas, Veganismo e Direitos Animais
© 2012 - 2017