Vitórias dos direitos animais em 2014

Coelhos e Páscoa

Varejistas de todo o mundo retiram produtos de pelo angorá

A exposição de fazendas angorá na China pela PETA Ásia – onde os coelhos têm a pele violentamente arrancada – fez com que varejistas, inclusive ASOS, H & M, Calvin Klein, Ted Baker, French Connection, All Saints, Tommy Hilfiger, Lacoste, Monsoon e muitos mais, deixem de comercializar estes produtos em massa.

Moscow International Circus se despede de animais selvagens

Vinte anos depois de Tyke a elefante ser alvejada por tiros depois de matar seu treinador  e partir em um rompante violento após anos de confinamento e abuso, o Moscow International Circus prometeu não usar nenhum animal em suas próximas atuações. Também este ano, a Cidade do México se juntou à Bolívia, Colômbia, Paraguai e Peru ao proibir circos que usam animais selvagens.

Índia proíbe a importação de produtos cosméticos testados em animais

Na sequência da proibição de experimentos de cosméticos em animais no ano passado, o governo indiano anunciou a proibição da importação de produtos cosméticos testados em animais em outros países. Esta notícia alinha a Índia com a União Europeia e Israel, e poupará milhões de animais de serem cegados, envenenados e mortos em experiências.

A Organização Mundial do Comércio apóia a proibição de pele de foca

A tentativa do governo canadense em forçar os produtos de sua matança comercial de focas para o público relutante da UE foi interrompida de uma vez por todas, quando a Organização Mundial do Comércio (OMC) rejeitou seu apelo no início deste ano. A decisão da OMC é uma vitória para os bebês foca, que por anos têm sido espancados até a morte aos milhares na frente de outras focas aterrorizadas, e coloca-nos a um passo gigantesco do dia em que a violência sobre blocos de gelo do Canadá será uma coisa do passado .

China Southern Airlines pára o transporte de macacos para laboratórios

Depois de três anos de campanha da PETA e outras afiliadas internacionais, a China Southern Airlines anunciou a proibição do envio de primatas para laboratórios, onde eram envenenados e mutilados em experimentos. A Air France é agora a única grande companhia aérea que continua a transportar primatas para experimentação.

A 100º cidade espanhola proíbe touradas

Sant Joan, em Mallorca, juntou-se a cidades como Tossa de Mar e toda a região da Catalunha, proibindo touradas – um sinal da crescente resistência espanhola para este “esporte” cruel e arcaico. As Cidades estão encontrando maneiras inovadoras para comemorar festas tradicionais, sem prejudicar os animais – em Mataelpino no centro da Espanha, por exemplo, a Corrida de Bolas foi introduzida como uma alternativa para a tradicional, feita com touros.

Militares dos EUA dão um passo importante no sentido de acabar com experimentos de guerra

Os militares dos EUA concordaram em substituir o uso de animais em seis diferentes áreas de formação médica por modernos simuladores humanos-paciente que preparam melhor o pessoal médico para tratar soldados feridos e poupa animais de serem cortados, de terem tubos de plástico duro forçados repetidamente goela abaixo, entre outros procedimentos invasivos e muitas vezes mortais. Infelizmente, o Reino Unido e outros países da União Européia ainda atiram e em seguida costuram suínos vivos em seus exercícios.

SeaWorld

Qualquer pessoa que quer ver orcas e golfinhos livres nos oceanos está comemorando o ano que a SeaWorld teve após o lançamento do documentário premiado Blackfish. A visitação aos seus parques é pequena, os músicos agendados desistiram de se apresentar no local e a maior empresa de viagens de estudantes do mundo, STA Travel, retirou as promoções para a SeaWorld de seu site.

Qual será a próxima?

A mudança nem sempre ocorre rapidamente. Mais de 60 mil milhões de vacas, galinhas, porcos e outros animais são mortos por sua carne a cada ano em todo o mundo; animais de muitas espécies diferentes ainda estão sendo torturados e mortos por sua pele ou pêlo; milhões de animais são utilizados em experiências laboratoriais; e ainda existem milhões de animais em cativeiro definhando em jardins zoológicos, aquários e circos. Mas, como as vitórias acima demonstram, os tempos e as atitudes estão mudando.

Com informações do The Independent.

Veggi e Tal - Receitas veganas, Veganismo e Direitos Animais
© 2012 - 2016