Visitantes são feridos em Zoo de Belo Horizonte

“A pedra não era brincadeira, era um protesto.”

Visitantes são feridos em Zoo de Belo HorizonteO que um chimpanzé submetido a dias, meses, anos de reclusão em um ambiente mínimo, assediado por um público que o agride verbalmente e até com latas e outros objetos, pode fazer? Um chimpanzé no Zoológico de Belo Horizonte fez o único que podia fazer para chamar a atenção da sociedade: arremessou um pedaço de tijolo em um visitante com uma criança no colo, ferindo a ambos.

Esse Zoológico é o mesmo que já gastou milhões para trazer gorilas da Inglaterra e Espanha, e que não tem um sistema de proteção adequado para que o público e os chimpanzés não se machuquem, e ainda mais não tem um pronto socorro para atender eventuais acidentes.

A Prefeitura de Belo Horizonte, que incentiva as ações  do Zoológico e gasta dinheiro de impostos ao trazer animais para divertir ao público, devia tomar a decisão de uma vez por todas de fechar o mesmo, e convertê-lo num Centro de Resgate para nossa fauna, que está tão necessitada desse tipo de serviço.

O ato deste chimpanzé foi um Ato de Protesto e não uma “brincadeira”, como funcionários do Zoológico minimizaram o acontecido.

SE O CHIMPANZÉ JOGOU UM TIJOLO COMO PROTESTO, OS HUMANOS DEVERIAM DEIXAR DE VISITAR OS ZOOLÓGICOS, PARA IMPEDIR QUE MILHARES DE ANIMAS SEJAM SUBMETIDOS A ESTA TORTURA!

Dr. Pedro A. Ynterian – Presidente, Projeto GAP Internacional

Publicado originalmente na página do Projeto GAP.

 

 

Veggi e Tal - Receitas veganas, Veganismo e Direitos Animais
© 2012 - 2016