Bem – Estar, Mal – Estar, música de Eline Bélier

Música: Eline Bélier
Letra: Maga Lee e Eline Bélier
Intérpretes: Flávio Carppes e Eline Bélier
Participação especial: Leandro de Souza (guitarra solo)
Arranjo: Daniel Della Santina e Eline Bélier
Gravada no DB Estúdio – Guarulhos/SP  www.dbestudio.com

Letra:

Bem-estarismo não tem nadinha de altruísmo
Enganação fingindo-se de compaixão
Feito o especismo, outro parceiro do egoísmo
Que beija o cão e põe costelas no feijão

Não suporto ver a tal chacina
Se consumo morte é pela proteína
É minha escolha, entenda
Só como frango da fazenda

Falsa moral, que ignora o animal
Conveniência pra dopar a própria consciência
Hipocrisia, encapuzando a sangria
E o otário crê no abate humanitário

Se eu vir matar eu não vou comer
É por isso, então, que eu não quero ver
Comer alface … creia
Não é pro topo da cadeia

Agora é moda dizer que o explorado tá feliz
Mas, meu, se toca! Tá feliz só se for no seu nariz!

Não suporto ver a tal chacina
Se consumo morte é pela proteína
Comer alface … creia
Não é pro topo da cadeia

Se eu vir matar eu não vou comer
É por isso, então, que eu não quero ver
É minha escolha, entenda
Só como frango da fazenda

Frases do vozerio:
Mas peixe não é “frutos”-do-mar? / Ah mas todo mundo come / Eu amo os bichos / Os animais existem pra nos servir, tá na Bíblia / Nem peixe? / Eu tenho dó, mas eu preciso / É orgânico! / E a proteína? / Mas eu não mato, só como / Eu não vivo sem carne / Eles ficam felizes em se sacrificarem por nós / Você só come mato? / Mas é criado na fazenda! / Nem leite? / Mas se você não come carne, o que que você come? / Comer cachorro? Você tá louco!

Artigos relacionados

Newsletter - Receba noticias e artigos no seu email

PATROCINADORA

Eline Bélier

PUBLICIDADE

Lojas gerenciáveis na plataforma Opencart

PUBLICIDADE

Anuncie aqui